FLAG, porquê? “É uma mais valia para entrar numa empresa, poder demonstrar conhecimento prático.”

14 de Março de 2019

A sua formação académica é em Engenharia, mas foi na FLAG que decidiu enveredar pelo Marketing Digital.
Através da Academia de Marketing Digital, a Inês Garrinhas mudou de área profissional e hoje é Web Analytics Consultant. Este é o seu testemunho como formanda FLAG.

 

Porque decidiste investir em formação de Marketing Digital?
IG: Há algum tempo que queria voltar a estudar, e quando percebi que o marketing digital era uma área tão abrangente, a escolha ficou feita.

 

Porque razão escolheste a Academia de Marketing Digital da FLAG?
IG: Não sendo em Marketing a minha formação principal, queria um curso que me desse as bases necessárias para trabalhar na área e que não tinha.

 

Qual a maior vantagem do curso, comparativamente com as restantes formações do mercado?
IG: A Academia de Marketing Digital era ao mesmo tempo um curso suficientemente detalhado e mais curto do que outros cursos que ponderei.

 

O curso contribuiu para alguma mudança no teu percurso profissional?
IG: Mudei completamente de área. Formei-me em engenharia, apesar de não ter trabalhado na área, e agora estou numa agência na parte de Analytics.

 

Consideras que a vertente prática deste curso é uma vantagem? Porquê?
IG: A vertente prática é com certeza uma vantagem. Claro que dou muita importância à parte teórica também, mas hoje em dia é muito importante para o mercado de trabalho ter já alguma experiência. É uma mais valia para entrar numa empresa poder demonstrar algum conhecimento prático sobre as matérias leccionadas.

 

Qual a tua opinião geral sobre a equipa de formadores do curso?
IG: Acho muito pertinente que os formadores sejam profissionais com experiência nas áreas que leccionam. Podermos ouvir em primeira mão como é trabalhar na área e poder fazer perguntas sobre o mercado de trabalho a quem as experiência diariamente é uma mais valia.

 

Em que medida consideras que o projeto prático final do curso é importante para a assimilação de conhecimentos?
IG: Apesar da componente prática do curso, a verdade é que é muito diferente fazer os exercícios nas aulas e depois ter de desenvolver um trabalho de raiz. As dificuldades que encontramos e superamos durante o projecto final são as dificuldades que depois já saberemos como ultrapassar no desempenho do nosso trabalho.

 

Como te manténs atualizada, dada a elevada e rápida evolução das ferramentas digitais?
IG: Nesta área está tudo em constante mutação, mas também há bastante facilidade em aceder a informação. Mesmo para o desempenho normal do meu trabalho, pesquiso muito sobre qual a melhor maneira de fazer alguma coisa e isso acaba também por me manter atualizada das novidades e novas tendências. Quando vejo que uso muito uma das fontes de informação, acabo por subscrever a newsletter ou a notificações de updates.

 

Qual a tua maior ambição profissional?
IG: Desenvolver o meu conhecimento na área o suficiente para poder encontrar e propor soluções para os problemas que me forem apresentados.

 

Que conselho darias a quem está a dar os primeiros passos para trabalhar neste ramo?
IG: É dado muito valor à experiência, como na maior parte das áreas hoje em dia. Agarrem todas as oportunidades para pôr em prática e ganhar experiência na área e estejam sempre a par das novidades e tendências.

 

Inês Garrinhas
Web Analytics Consultant @ Codedesign.org
Ex-formanda da Academia de Marketing Digital
https://www.linkedin.com/in/inesgarrinhas/