Formadores FLAG, o que dizem… “Recomendei vários formandos a empresas com as quais trabalhei”

6 de Outubro de 2016

A Virgínia Coutinho é atualmente Senior Diretor de Gestão Marketing na SocialBakers em Praga, empresa onde já desempenhou funções de Digital & Social Media Strategist para o mercado da América Latina e de Diretora de Estratégia de Produto, foi consultora no Facebook Brasil e em 2014 lançou o seu primeiro livro sobre gestão de páginas e campanhas de Facebook, o “The Social Book”, e ainda:  formadora da FLAG desde 2010 e coordenadora da Academia FLAG de Marketing Digital desde 2012. 🙂

 

Além de seres formadora, quais são as suas ocupações profissionais?
VC: Neste momento sou Senior Director of Marketing Management, na Socialbakers, e trabalho em Praga. O facto de estar fora de Portugal faz com que infelizmente não consiga dar tantas formações como gostaria mas sempre que vou a Portugal tento conciliar.

 

Como é que começaste a lecionar formação na FLAG?
VC: Sou formadora na Flag desde 2010 e já tenho alguma dificuldade em lembrar-me como foi o primeiro contacto. Recordo-me que na altura a Flag estava a lançar as primeiras formações na área de Social Media, e que os conteúdos dessas formações foram o tópico de discussão dos primeiros tempos da relação.

 

Como é dar formação na FLAG?
VC: Melhor seria impossível! 🙂
Daí já dar formações na Flag há 6 anos e não tencionar deixar de o fazer tão cedo! O ambiente é descontraído, todo o staff é extremamente profissional e simpático, e tenho a sorte de que geralmente os formandos também o são. Para além disso, estão sempre recetivos a sugestões (novos cursos, atualizações nos conteúdos dos cursos,…) e à mudança, quando necessária.
Já sinto que na Flag tenho um grupo de amigos, caras que adoro sempre rever quando vou a Portugal.

 

Já alguma vez um formando se tornou teu colega de trabalho? De que forma?
VC: Já tive vários formandos que recomendei para empresas para as quais ou com as quais trabalhei.

 

Gostarias de deixar algum conselho a quem está a pensar frequentar formação na FLAG?
VC: Alargaria o conselho para quem planeia fazer uma formação em geral e ainda não sabe qual a escola ou curso escolher, já que na maior parte das vezes essa é a questão que me fazem. O primeiro conselho é analisarem a oferta formativa disponível (cursos e módulos que o compõem, bem como a duração de cada módulo).  Posto isto, pesquisarem pelos formadores que habitualmente dão formação nesse centro e ver a sua experiência profissional e pedagógica. Tirando esses pontos, recomendo apenas que façam a formação numa altura “calma”, que lhes permita terem tempo para estarem atentos nas aulas, não stressados, e que lhes permita ter disponibilidade para fazerem “algum trabalho de casa”. Certamente saírão mais preparados se conseguirem ir praticando, testando, pesquisando, em paralelo com as sessões de formação.

 

Virgínia Coutinho
Senior Director of Marketing Management @ SocialBakers
https://cz.linkedin.com/in/virginiacoutinho