Como funcionam os estágios para os formandos da FLAG?

24 de Janeiro de 2017

Desde há muitos anos que a FLAG se preocupa com a inserção profissional dos seus formandos.
Luisa Assunção, responsável pelo Departamento de Integração Profissional da FLAG, explica como é desenvolvido este trabalho contínuo de apoio aos formandos que frequentam formação na FLAG, em busca de novas oportunidades na sua vida profissional.

 

Qual é a missão do Departamento de Integração Profissional da FLAG?
LA: Em continuidade do trabalho desenvolvido nos nossos cursos de formação profissional, temos como missão o acompanhamento e integração dos nossos melhores formandos no mercado de trabalho. Procurando sempre ir de encontro às suas preferências e expetativas, a FLAG alia-se aos seus parceiros, tendo como objetivo transportar para o ambiente de trabalho real as temáticas essenciais abordadas nas respetivas áreas do âmbito formativo.

 

Quais os que alunos têm direito aos estágios?
LA: Estão previstos estágios para alunos dos cursos de longa duração – FLAGProfessional – com avaliação final acima da média, ou seja, com 16 ou mais valores, sendo a escala de avaliação de 0 a 20.
Os estágios não são de caráter obrigatório, no entanto representam uma oportunidade exclusiva que pode abrir portas a um novo/primeiro emprego.
Além dos alunos que têm direito ao estágio, existe uma grande abertura por parte dos formadores e colaboradores da FLAG em desenvolver networking com os restantes alunos que estejam interessados em novas oportunidades. É, por isso, que temos vários formandos a trabalhar em agências e empresas pertencentes a este universo, ainda antes de terminarem a formação na FLAG.

 

De que forma são elaborados os protocolos com as empresas parceiras, que acolhem os formandos da FLAG?
LA: Ao longo destes anos temos criado sinergias com várias entidades, dando assim primazia à criação de uma rede de parceiros que atuam nas áreas de mercado em que incide a oferta formativa da FLAG. Falamos de empresas de referência no mercado, empresas em expansão, e também de entidades com elevado potencial de desenvolvimento. A destacar alguns parceiros de longa duração como o El Corte Inglés, a Ogilvy e a Páginas Amarelas.
Esta é uma rede de parcerias que está em constante crescimento e desenvolvimento, para a qual estamos abertos a novas propostas. Este processo de angariação é fundamental para aumentar a diversificação e permanente update das oportunidades dos nossos formandos.

 

Qual é o feedback geral dos formandos sobre a experiência do estágio?
LA:
Temos verificado de forma satisfatória que parte destes estágios culminam na integração do estagiário nas próprias equipas da entidade acolhedora, – e uma vez que é este o foco principal da nossa atividade esta realidade é extremamente gratificante para nós -.
Temos recebido feedback muito positivo tanto do estagiário como das empresas parceiras, mesmo quando o estágio termina sem a possibilidade de permanência na empresa que os acolheu, revelando-se sempre como uma experiência enriquecedora.

 

Luisa Assunção, Responsável pelo Departamento de Integração Profissional